14 de set de 2015

Observatório cria aplicativo para previsão de marés no País

Programa, batizado de Astro-mares, poderá ser utilizado para conferir dados de 56 portos de diferentes regiões do País



No início do século XX, era função do Observatório Nacional, órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, fazer a previsão das marés oceânicas para o Porto do Rio de Janeiro. De 1912 a 1964, foi utilizada uma máquina de fabricação inglesa para executar este trabalho – depois atribuído à Marinha do Brasil. Agora, será com auxílio de tecnologia de ponta que o Observatório voltará a exercer a atividade de previsão de marés na capital fluminense e em outros 55 portos em diferentes regiões do Brasil.

Observatório desenvolveu um programa utilizando ferramentas de Astronomia e Geofísica, que compila os dados oceanográficos das Tábuas de Marés publicadas pela Marinha. A aplicação, batizada de Astro-mares, visa simular eventos astronômicos associados ao fenômeno das marés, como a perturbação da Lua e do Sol sobre a Terra.

Com o programa, o usuário poderá obter uma visualização aproximada em três dimensões das marés dos oceanos, acompanhada de um texto explicativo.

A aplicação, de utilidade pública, é de fácil navegação e pode ser acessada por meio de computadores e de smartphones que possuam navegadores capacitados a executar a tecnologia WebGL.

Para usar o programa Astro-mares, acesse aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente