25 de ago de 2016

Bolsa de pós-doutorado - UFSC

Bolsa PNPD/CAPES junto ao PPGFSC/UFSC – 2016/2



O Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal de Santa Catarina – PPGFSC-UFSC, Florianópolis, anuncia a disponibilidade de 1 (uma) bolsa de pós-doutorado do Programa Nacional de Pós-doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (PNPD/CAPES), para o período de 2 (dois) anos.

A mensalidade da bolsa é de R$ 4.100.00 (quatro mil e cem reais) além de valores destinados ao custeio.

O candidato deve atuar em linhas de pesquisa TEÓRICAS ou EXPERIMENTAIS, em uma das seguintes áreas de pesquisa: Astrofísica, Física Atômica e Molecular, Física da Matéria Condensada e Mecânica Estatística, Física Nuclear e de Hádrons, Física Matemática e Teoria de Campos.

O regulamento completo do Programa Nacional de Pós-Doutorado – PNPD está descrito na Portaria nº 086, de 03 de julho de 2013.

Maiores informações AQUI

Planetário de Londrina - Sessões abertas ao público


SBPC realiza Reunião Regional em Palhoça (SC) de 05 a 08 de outubro

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site do evento




(JC) A SBPC convida seus sócios e o público em geral a participar da Reunião Regional em Palhoça, Santa Catarina. Com o tema “Cidades e Sustentabilidade”, o evento será realizado de 05 a 08 de outubro de 2016, na Unidade Pedra Branca da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

Durante o evento, o público poderá assistir a conferências e mesas-redondas, além dos minicursos, destinados aos inscritos e matriculados. As atividades contarão com a participação de pesquisadores locais e de outras regiões do País. Estudantes, professores e pesquisadores poderão submeter seus trabalhos de pesquisas científicas e tecnológicas, experiências e/ou práticas de ensino-aprendizagem à Sessão de Pôsteres.

O evento se encerra no sábado (08/10), com o “Dia da Família na Ciência”, atividade voltada para a interação com a comunidade, mostrando que a ciência faz parte do dia a dia das pessoas.

As atividades do evento terão acesso livre e gratuito: conferências, mesas-redondas, sessões de pôsteres, atividades culturais, atividades para estudantes do ensino básico e/ou técnico e o Dia da Família na Ciência. A exceção são os minicursos, que requerem inscrição e matrícula antecipadas.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site do evento. Para os que quiserem participar da Sessão de Pôsteres, o prazo para inscrição se encerra em 29/8. E uma vez inscritos, os resumos poderão ser enviados até 02/09. Para os demais participantes, as inscrições permanecem abertas até o início do evento.

Assim como ocorre em todos os eventos da SBPC, a Reunião Regional tem como um de seus objetivos principais popularizar e valorizar a produção científica nacional e inseri-la no cotidiano dos cidadãos.

Mais informações em http://www.sbpcnet.org.br/palhoca/home/

24 de ago de 2016

Encontros Astronômicos do NEOA-JBS - Florianópolis/SC




Quinta-feira, dia 25 de agosto: Palestras e apresentações diversas - das 17:40 às 19:00.
Outras informações AQUI

Astronomia ao Meio Dia: "A Missão Rosetta" - São Paulo/SP


CANF + Planetário de Nova Friburgo - Programação de Agosto


Observação do céu no Observatório do Valongo - Rio de Janeiro/RJ


Nesta quarta-feira, dia 24/08/2016, o Observ atório do Valongo receberá o público para a sessão de observação dos astros ao telescópio. Nesta ocasião, estaremos observando os planetas Vênus, Mercúrio, Júpiter, Saturno e Marte, no horário de 18 às 21h. Mas atenção, para observação dos planetas Vênus, Mercúrio e Júpiter, é necessário chegar ao Observatório antes de 18h, pois estes três planetas estarão visíveis no céu por no máximo 30 minutos. Aproveite a oportunidade! Entrada franca.

O Observatório do Valongo fica na Ladeira do Pedro Antônio, 43, Morro da Conceição, Centro do Rio de Janeiro. Maiores informações, ligue (21) 2263-0685 ou escreva para mello@astro.ufrj.br.

Mensageiro Sideral - Nasa lança missão a asteroide que pode colidir com a Terra Mensageiro Sideral

Estudantes selecionados para estágio na Nasa vão trazer experiência para o Brasil

Numa parceria com a AEB, Flavio Altinier e Gabriel Militão vão passar 10 semanas na agência espacial norte-americana. Alunos do Ciência sem Fronteiras, os jovens foram selecionados entre mais de 400 candidatos

(JC) Uma parceria entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a Nasa levou dois estudantes brasileiros para um estágio de 10 semanas na agência espacial norte-americana dentro do Programa I². Alunos de Engenharia da Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Flavio Altinier, 24 anos, e Gabriel Militão, 22 anos, foram selecionados entre 400 candidatos e embarcaram em julho para uma experiência que pode ser decisiva para o futuro de cada um deles.

No Ames Research Center (ARC), em Palo Alto, na Califórnia, eles atuam em pesquisas diferentes. Enquanto Flavio trabalha com análise de dados, Gabriel desenvolve um aplicativo sobre terremotos dentro do World Wind, uma plataforma de visualização do globo terrestre criada pela Nasa. Em comum, a vontade de aprender com os melhores pesquisadores do mundo.

“O estágio está sendo sensacional. A experiência de trabalhar em um projeto cientificamente complexo e, ao mesmo tempo, com um gigantesco potencial de impacto na vida das pessoas é extraordinário”, afirmou Gabriel.

“É uma experiência engrandecedora em todos os sentidos”, acrescentou Flavio.

O processo de seleção foi longo. Começou com um edital lançado pela AEB, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em fevereiro de 2016. O objetivo era escolher estudantes do programa Ciência sem Fronteiras que já estivessem nos Estados Unidos. Mais de 400 se candidataram, o que levou a AEB a ampliar de cinco para 15 o número de selecionados para a segunda etapa. Entre eles, Flavio e Gabriel, que passavam uma temporada na Universidade Cornell, em Nova Iorque, foram chamados para o estágio na Nasa.

“O nível dos candidatos era muito alto. Por isso, optaram por selecionar mais pessoas do que o previsto”, lembrou Gabriel Militão.

“Por fim, eu e o Gabriel tivemos a felicidade de ser os escolhidos”, completou Flavio Altinier.

Impactos positivos
O Brasil só tem a ganhar com a iniciativa, avalia o diretor de Satélites da AEB, Carlos Gurgel. Isso porque, além de ampliar os conhecimentos na área, os jovens trazem na bagagem a “cultura da Nasa”. “O profissional brasileiro não só trabalha lá, mas entende como funciona a cultura da Nasa, como eles trabalham a questão da infraestrutura de laboratórios, como se planeja o orçamento para as pesquisas. Mesmo o garoto de graduação traz a experiência adquirida lá e recicla o nosso conhecimento. Isso abre portas para que nós possamos evoluir”, disse Gurgel.

Parceria
Esta foi a primeira vez que a Agência Espacial Brasileira participou do Programa I², e a ideia é manter a parceria nos próximos anos. Segundo Gurgel, uma proposta está em discussão para que a AEB envie pelo menos três estudantes brasileiros para estágios de verão na Nasa. “Estamos trabalhando para construir um método para que possamos financiar o envio dos estudantes, pelo menos três a cada ano. Esse é um bom número e vai permitir a perenidade dessa parceria com a Nasa”, destacou.

23 de ago de 2016

Semana para observar conjunção e alinhamento de planetas


(Diário Catarinense) Para quem gosta de observar o céu e se interessa por eventos astronômicos que vão além das chuvas de meteoros ou superluas, essa semana de agosto é uma boa oportunidade para sair de casa e torcer o pescoço para as estrelas. O destaque fica por conta da conjunção de Vênus e Júpiter, no próximo sábado dia 27, que chamará a atenção porque os planetas irão aparecer como uma única "estrela" no horizonte, logo após o pôr do sol.

Mas antes, ainda nesta terça-feira, os mais fanáticos poderão observar um curioso alinhamento no céu. A estrela Antares, da constelação de Escorpião, e os planetas Marte e Saturno estarão lado a lado. Quem olhar para o céu por volta das 19h, verá bem no centro um ponto luminoso vermelho e alaranjado (Antares), outro vermelho (Marte) e um mais amarelo (Saturno). Ao longo da noite os três astros se "deslocarão" para o horizonte no sentido Oeste.