19 de abr de 2015

Sem água? Astronauta demonstra como lava o cabelo no espaço

Karen Nyberg lavou os longos cabelos diante de uma câmera para mostrar como cuidar das madeixas em um ambiente sem gravidade


(Marie Claire) Em tempos de racionamento de água, você acha difícil lavar os cabelos? Imagine em um lugar com recursos muito limitados e sem gravidade. A astronauta Karen Nyberg mostrou em um vídeo como faz para dar um trato na cabeleira loira na Estação Espacial Internacional.

18 de abr de 2015

Garotinha escreve mensagem gigante no deserto para o pai astronauta ler do espaço


(Info) Escrever uma mensagem na Terra que possa ser vista do espaço não é uma tarefa fácil. Uma menina de 13 anos queria mandar um recado para seu pai, um astronauta da Estação Espacial Internacional, mas não sabia o que fazer.

Para sorte da garotinha, a Hyundai a escolheu para fazer parte de uma campanha publicitária do novo sedã da montadora, o Genesis.

A empresa levou 11 carros do modelo para o lago seco de Delamar, no deserto de Nevada, nos Estados Unidos. Usando sensores de GPS e centenas de quilômetros quadrados de espaço livre, os motoristas conseguiram escrever uma mensagem para o pai de Stephanie.

No final da propaganda, em uma chamada de vídeo diretamente da Estação Espacial, o astronauta (cujo nome não é revelado pela Nasa) mostra à sua filha a imagem que registrou em sua câmera fotógrafica: "Steph ♥ you!", ou "Steph te ama!", em português.

O recado é tão grande que o Guinness o registrou como a "maior imagem feita por pneus".

Assista à propaganda:

Mundos com Oceanos - INFOGRÁFICO



Clique na imagem acima para acessar

17 de abr de 2015

Chuva de Meteoros neste feriadão de 21 de abril!



(O que ver no céu - Astronomia - Facebook) Neste final de semana tem o início da atividade da chuva de meteoros Liríadas. O pico desta chuva de meteoros será no dia 23 de abril com o término no dia 25 de abril.

A Lua em fase minguante, passando para a fase nova neste ano de 2015 não irá interferir no belo espetáculo celeste.

A chuva de meteroros Liríadas tem o radiante na constelação de Lira, onde está localizada a brilhante estrela Vega.

A constelação de Lira é visível olhando para o norte no início da madrugada. O melhor horário de observação é depois das 3 da madrugada. Quanto mais ao norte do Brasil, mais alta a constelação de Lira estará visível no céu.

Na região Sul do Brasil é impossível a observação desta chuva de meteoros por estar muito baixa no céu.

Para observar melhor este espetáculo celeste, é necessário estar em um lugar com pouca ou nenhuma poluição luminosa e sem prédios, montanhas ou nuvens no horizonte norte.

Não utilize celular ou qualquer fonte luminosa. Aguarde 20 minutos na escuridão para dilatar a pupila e melhor observar qualquer chuva de meteoros.

Neste ano de 2015, está prevista para a chuva de meteoros Liríadas a taxa horária zenital de 18 meteoros/hora, podendo chegar a quantidade de 90 meteoros/hora, conforme publicado pela International Meteor Organization (IMO).

Os meteoros serão brilhantes e rápidos, chegando a 176.000 km/h ou 49 km/s. A grande velocidade dos meteoros da chuva Liríadas é associada a passagem da órbita da Terra pelos detritos do cometa C/1861 G1 (Thatcher).

Seminário "Cosmic Matrix in the Jubilee of Relativistic Astrophysics" - IFCE


Chile terá 70% da infraestrutura astronômica mundial em 2020, diz Bachelet


(Efe/Info) A presidente chilena, Michelle Bachelet, disse nesta terça-feira (14) que em 2020 seu país terá 70% da infraestrutura astronômica mundial, após a cerimônia de colocação da pedra fundamental do telescópio Large Synoptic Survey Telescope (LSST), na comunidade de Vicuña, no norte de Chile.

Bachelet afirmou que o projeto é muito esperado pela comunidade científica internacional e nacional, porque permitirá um avanço gigantesco às pesquisas em astronomia. "Para dimensionar a magnitude da mudança, basta saber que durante seu primeiro mês de operação, a capacidade do LSST superará o que podem observar, de forma combinada, todos os telescópios anteriores", assegurou a presidente.

O novo telescópio LSST, que será instalado na região da montanha Cerro Pachón, na comuna de Vicuña, 532 quilômetros ao norte de Santiago, será integrado à rede da Associação de Universidades para Pesquisa em Astronomia (AURA), que iniciou suas atividades no Chile em 1961, instalando o Observatório de Cerro Tololo, o primeiro grande observatório internacional do país.

O novo telescópio terá 8 metros de diâmetro, câmera digital capaz de captar imagens de 3 trilhões de pixels, capacidade para explorar semanalmente o céu, identificar supernovas e asteroides próximos à Terra e mapear o cosmos em 3D. "O salto tecnológico será revolucionário. A informação captada por este telescópio abrirá, sem dúvida, novos campos de pesquisa, novas perguntas que serão respondidas pelos cientistas de todo o mundo durante anos", acrescentou a presidente chilena.

Além disso, Bachelet destacou o trabalho da AURA, que com o tempo, disse, foi se somando a outros projetos, cada vez mais modernos, o que deu ao Chile sua posição de liderança. "Estima-se que em 2020 nosso país concentrará 70% da infraestrutura astronômica mundial e terá os telescópios mais poderosos instalados, com um investimento próximo aos US$ 6 bihões", assegurou Bachelet.

A presidente ressaltou a importância do desenvolvimento das ciências e tecnologias para contribuir com a comunidade científica e o crescimento de seu país, de 17 milhões de habitantes.

"Depende de nós que sejamos capazes de tirar todo o proveito possível de um projeto da riqueza do LSST, e que o ponhamos a serviço de um desenvolvimento entendido em um sentido amplo: harmonioso, que respeite o meio ambiente e que seja construído a partir do conhecimento e da abertura", especificou Bachelet.

Minicurso aborda ensino de astronomia no Museu Ciência e Vida


(Museu Ciência e Vida) O astrônomo Pedro Russo, da Universidade de Leiden (Holanda), ministra o minicurso “O universo dentro da caixa”. Serão quatro turmas, pelo turno da manhã ou tarde, nos dias 28 e 29 de abril, no Museu Ciência e Vida. O minicurso tem como temática a interação do sistema Sol-Terra-Lua e suas consequências: as fases da Lua, as estações do ano e os eclipses. Ele compõe uma das oficinas do kit educativo Universe in Box - Universo dentro da Caixa - do programa europeu Universe Awareness (UNAWE), que visa a popularização da astronomia como ferramenta de ensino. Haverá distribuição de material didático para os participantes.

Além do minicurso, o público assistirá à palestra "O Ano Internacional da Luz e a Astronomia", onde o astrônomo abordará a importância da luz para a compreensão e conhecimento do Universo bem como o seu papel na educação. Serão disponibilizadas 120 vagas para as atividades, devendo os interessados se inscrever pelo telefone (21) 2671-7797. O evento fornece certificado.

Serviço:
Minicurso “O Universo dentro da Caixa”
Palestra "O Ano Internacional da Luz e a Astronomia"
Data: 28 ou 29 de abril
Local: Museu Ciência e Vida
Rua Ailton da Costa, s/n - Jardim Vinte e Cinco de Agosto, RJ, 25071-160
Telefone: (21) 2671-7797
Gratuito

Horários:
Manhã: minicurso às 9h e palestra às 11h
Tarde: minicurso às 14h

Espaço do conhecimento UFMG oferece oficinas de astronomia para o público de graça

(Hoje em Dia) A partir deste final de semana, o Espaço do conhecimento UFMG contarão com oficinas de astronomia abertas ao público. Elaboradas pelo Núcleo de Astronomia do Espaço, as atividades serão abertas ao público e acontecerão sempre aos sábados e domingos, das 15h às 16h, mediante a retirada de senhas na recepção do museu a partir de uma hora antes do início da programação.

As inscrições estarão sujeitas à lotação das vagas. A primeira oficina a ser ofertada será Coleção de Estrelas. Serão oferecidas 20 vagas por sessão e a classificação indicativa é sete anos.

Em Coleção de Estrelas, o público vai receber mapas de regiões do céu sem nenhuma leitura pré-definida e será convidado a imaginar constelações únicas. O Espaço do Conhecimento UFMG fica na Praça da Liberdade, 700. Outras informações podem ser obtidas no site www.espacodoconhecimento.org.br.
----
Matéria similar na CBN Foz

Próximo encontro da ABP será em Brasília!


(ABP - Facebook) Confirmado: Brasília vai mesmo sediar o XX ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PLANETÁRIOS, que será de 28 de Outubro a 1 de Novembro de 2015. Inscrições brevemente no site da ABP!

Estudantes vão conhecer super telescópio no Chile

(Mercado da Comunicação) Os estudantes Maria Inês Arruda Gonçalves e Matheus Valença Correia vão conhecer, na próxima semana, o super telescópio SOAR, nos Andes chilenos. Eles foram os vencedores do ensino médio do concurso de astronomia promovido pelo Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA) em parceria com a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A iniciativa contou com a participação de 561 estudantes que enviaram 409 projetos.

O concurso "Escolha um Objeto Astronômico para ser observado com o Telescópio SOAR" é destinado a estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao último ano do ensino médio. Os jovens sugerem um objeto do universo para ser fotografado, ou imageado, digitalmente e justificam a opção com base no interesse científico e no apelo visual.

Maria Inês e Matheus Correia, ambos com 18 anos, optaram pela Galáxia NGC 1300. Eles cursam, respectivamente, o 3º e o 4º anos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), em Recife, PE, e foram coordenados pelo professor Guilherme Pereira da Silva.

Sobre o telescópio
O Southern Astrophysical Research Telescope (SOAR) tem um espelho de 4,2 metros de diâmetro e pertence a um consórcio internacional entre Brasil, Chile e Estados Unidos. Ele está instalado próximo da cidade de La Serena na montanha Cerro Pachón a 2.700 metros acima do nível do mar, no Chile.

Outros premiados
Além dos estudantes de Pernambuco, duas jovens do ensino fundamental também foram premiadas. Ana Vitória Foletto Lasch e Emanuela da Silva Foletto, ambas com 13 anos, cursam o 8° ano na Sociedade Educacional Três de Maio, em Três de Maio, RS. Elas escolheram a Galáxia NGC2207. Como premiação, as alunas, acompanhadas de sua professora, visitaram o Observatório do Pico dos Dias, em Brasópolis, próximo de Itajubá, MG.

Os vencedores vão receber um quadro com a imagem das galáxias eleitas, feita pelo SOAR, e vão receber a visita de pesquisadores do LNA, que ministrarão uma palestra sobre as atividades realizadas nos laboratórios e sobre os objetos astronômicos escolhidos.

OBA
A prova da 18ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) acontecerá no dia 15 de maio de 2015. Para esse ano, a OBA e a Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) contarão com a participação de 16.500 escolas inscritas. A expectativa é que 800 mil alunos realizem a prova da olimpíada. A estimativa é que sejam distribuídas cerca de 45.000 medalhas.

Os melhores classificados poderão integrar a equipe brasileira para representar o país, em 2016, nas olimpíadas internacional e latino-americana, além de participarem das Jornadas Espacial, do Space Camp e de Jornada de Foguetes, caso participem também da IX MOBFOG. Para quem deseja participar de eventos ligados às ciências espaciais, as inscrições para a 19ª edição da OBA serão abertas em janeiro de 2016.

Site da OBA: www.oba.org.br
Site do concurso: http://www.lna.br/soar/concurso.html