30/08/2014

Observação da tríplice conjunção Marte, Lua e Saturno em Aracaju/SE



A SEASE fará a observação da conjunção no planetário da CCTECA, Parque da Sementeira, Aracaju/SE
Domingo, 31 de agosto, a partir das 18 horas.

"Good Morning Discovery" com Robin Williams (STS-26) - VIDEO

29/08/2014

Observação da conjunção Marte, Saturno e Lua em Mariápolis/SP


A ASAUM (Associação de Astronomia Unificada de Mariápolis) fará observação da conjunção no domingo, dia 31 de agosto, em seu observatório (Centro Cultural de Mariápolis) que fica no centro da cidade. A equipe estará lá a partir das 19:00.

No sábado, dia 30/08, haverá uma prévia observando os 3 astros envolvidos na conjunção a partir das 19 horas.

Sessões de Astronomia são destaque da programação do Espaço do Conhecimento UFMG durante a Virada Cultural



Nos dias 30 e 31 de agosto, as ruas e espaços culturais de Belo Horizonte serão tomadas pela 2ª Virada Cultural. O evento reúne mais de 400 atrações, incluindo música, exposições e performances. No sábado, o Espaço do Conhecimento terá seu funcionamento estendido e estará aberto a visitações das 10h às 21h. E, além disso, entre as 18h do dia 30 e a 1h do dia 31, o público poderá apreciar os trabalhos audiovisuais exibidos na fachada digital do museu. No domingo, o Espaço do Conhecimento segue com seu funcionamento normal, das 10h às 17h.

Para o Diretor Científico Cultural do Espaço do Conhecimento UFMG, René Lommez Gomes, o fato de o museu ter sua programação estendida no sábado, dia 30, proporciona uma ótima oportunidade para que o público visite as exposições no período da noite e ainda tenha acesso à observação do céu no Terraço Astronômico, que funciona normalmente às quintas-feiras. “Como, na ocasião da Virada Cultural, ficaremos abertos a visitações uma noite a mais na semana, podemos atender melhor à intensa procura que temos pelas atividades ligadas à astronomia,” diz.

Leonardo Marques Soares, do Núcleo de Astronomia do Espaço do Conhecimento UFMG, destaca que, do dia 30 para o dia 31, Marte, Saturno e a Lua estarão mais visíveis. “Eles estarão aparentemente próximos um do outro, nas constelações de Libra e Virgem, porém a aproximação máxima da Lua desses planetas será na noite do dia 31”, explica, chamando a atenção para a oportunidade de observação dos fenômenos a partir do Terraço. Outra atividade recomendada pelo astrônomo são as sessões comentadas no Planetário. Entre elas está a “Astronomia Indígena”, que retrata o mapeamento do céu e dos astros segundo a cultura tupi-guarani, abordando as narrativas que envolvem o Sol, a Lua, os pontos cardeais, mudanças nas estações, o eclipse lunar e as constelações denominadas pelos tupis como Ema, Homem Velho, Veado e da Anta.

Programação do Espaço do Conhecimento na Virada Cultural

Exposição Demasiado Humano - A aventura do conhecimento humano
A questão básica sobre a busca do conhecimento e a compreensão do universo é o ponto de partida da exposição Demasiado Humano, que ocupa quatro andares do Espaço do Conhecimento UFMG. O trabalho é resultado de pesquisas realizadas na UFMG em diferentes áreas do conhecimento – astrofísica, paleontologia, genética, arqueologia, antropologia, literatura, linguística, história e ecologia e envolve uma equipe de 30 pesquisadores da Universidade, além de profissionais de diversas áreas.

Informações:
Sábado, das 10h as 21h
Domingo, das 10h às 17h
Entrada gratuita

Na Escala
O “visível mediado e o invisível imaginado” estão presentes na exposição Na Escala, do Espaço do Conhecimento UFMG. Inaugurada em 12 de fevereiro de 2014, a mostra reúne uma série de imagens que apresentam a relação de escala entre macro e micro objetos através de várias possibilidades de representações, como fotografias, ilustrações, imagens extraídas de telescópios, microscópios, sensores e muita imaginação. “Alguns elementos não podem ser vistos de fato, então temos representações esquemáticas, como no caso do átomo, por exemplo”, explica o professor Bernardo Jefferson, um dos responsáveis pela concepção da exposição.

As imagens, estrategicamente situadas na escadaria que liga os cinco andares do museu, abordam a relação do homem com as dimensões entre objetos e estruturas, e estabelece uma conexão com a exposição principal “Demasiado Humano”, cujo tema também está relacionado ao conhecimento e suas representações.

Informações
Escadaria do Espaço do Conhecimento UFMG
Sábado, das 10h às 21h
Domingo, das 10h às 17h
Entrada gratuita

Fachada Digital
A fachada externa do Espaço do Conhecimento UFMG é revestida por um material vítreo especial, que transforma o edifício em uma grande tela de projeção. Todas as noites, imagens que unem arte, ciência e experimentação são exibidas na fachada, numa interface entre o Espaço e a Praça da Liberdade. Esses painéis digitais atraem os olhares de milhares de pedestres e motoristas que passam pela região todos os dias, levando à rua e à cidade a experiência do conhecimento proposta pelo Espaço.

Informações
Sábado, 30/8, a partir das 18h, até a 1h do dia 31/8

Planetário
O Planetário do Espaço do Conhecimento exibe filmes ligados à astronomia, com programação voltada para crianças e adultos. Em ocasiões especiais, oferece também sessões com projeções astronômicas, guiadas por professores especializados. Instalado no quinto andar, com cadeiras reclináveis e sala climatizada, o planetário tem capacidade para 65 pessoas e funciona em sessões regulares, ao longo de todo o dia.

Informações
Sábado, das 13h às 20h
Domingo, das 13h às 17h
Entrada: Inteira R$ 6,00 / Meia R$ 3,00
* Consulte a programação e a política de gratuidade aqui.

Terraço Astronômico
Aberto à visitação de maio a outubro, o quinto andar do Espaço do Conhecimento UFMG oferece uma experiência completa de observação astronômica, com o acompanhamento de especialistas. O observatório possui um teto retrátil que permite a observação celeste por meio da utilização de telescópios. As sessões são apresentadas e comentadas pela equipe de Astronomia do Espaço do Conhecimento. As observações também podem ser feitas a olho nu, de acordo com a programação. Ocasionalmente, o terraço também é utilizado para cursos e observação de eventos especiais.

Informações
Sábado, das 19h às 21h
Entrada gratuita

Stellarium
Com o objetivo de auxiliar os visitantes a compreenderem melhor o movimento as estrelas, o Núcleo de Astronomia do Espaço do Conhecimento UFMG utiliza dois softwares gratuitos, Stellarium e Celestia. O primeiro simula a visualização dos astros a partir da perspectiva da Terra; já o segundo cria a sensação de proximidade com outros mundos. ”É como se estivéssemos lá, vendo um buraco negro engolindo a matéria de uma estrela ou planetas que orbitam outros sistemas, os chamados exoplanetas”, explica o astrônomo e professor de física Leonardo Marques Soares. As ferramentas são simples e os visitantes contam com a ajuda de monitores pra as simulações.

Informações
Sábado, das 19h às 21h

Jogos do Conhecimento
Diversão e desafios postos à mesa. A atividade aproxima o público de brincadeiras que fazem parte de diferentes tradições culturais, instigando a curiosidade de crianças, jovens e adultos.
Informações
2° andar do Espaço do Conhecimento UFMG
Sábado, das 14h às 21h
Entrada gratuita

Serviço:
Espaço do Conhecimento UFMG na 2ª Virada Cultural BH
Datas: 30 de agosto, das 10h às 21h, e 31 de agosto, das 10h às 17h
Local: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700
Entrada franca
Mais informações: (31) 3409-8350

Observação da conjunção tripla Lua + Marte + Saturno em Maceió/AL



Domingo,  dia 31/08 - 18:00
Usina Ciência - UFAL - Maceió/AL
http://www.usinaciencia.ufal.br/

Trilha de meteoro ilustra medalhas e troféus do Mundial em Chelyabinsk

Peças são feitas de latão e recebem revestimento de ouro, prata e bronze


(Globo Esporte) Em 15 de fevereiro de 2013, um meteoro caiu sobre Chelyabinsk e feriu cerca de 950 pessoas. Mais de um ano e meio depois, os organizadores do Mundial de judô de 2014 decidiram usar o episódio que tornou a cidade mundialmente famosa para ilustrar as medalhas e troféus da competição. Nas peças, a trilha do meteoro em direção à cidade russa foi talhada por artesãos locais.

Ao todo, a Federação Internacional de judô entregará 62 troféus feitos de latão e pedras naturais, além de 162 medalhas de latão revestidas de ouro, prata e bronze, de acordo com a colocação do atleta ou da equipe.

Nos Jogos de Inverno de Sochi, disputados na Rússia no início do ano, os atletas que sagraram-se campeões no dia 15 de fevereiro receberam, além do ouro olímpico, uma medalha especial com fragmentos do meteoro de Chelyabinsk. Inicialmente foi divulgado que todas as medalhas dos Jogos teriam os ditos fragmentos, mas a organização desmentiu a informação e afirmou que a ação era iniciativa de uma empresa privada.

InOMN - Observação da Lua em Nhandeara/SP

Visitantes poderão observar lua com telescópios no Museu Sacaca

Telescópios serão disponibilizados durante evento sobre astronomia. 'Observando em Latitude 0°' será domingo (31), a partir de 19h30.



(G1) Os amapaenses curiosos em olhar a lua e outros objetos celestes vão ter a oportunidade de participar do "Observando em Latitude 0°" no domingo (31), no horário de 19h30 às 21h. No espaço de exposição à céu aberto dento do Museu Sacaca, em Macapá, qualquer pessoa pode participar do encontro que tem entrada franca.

O projeto, organizado pelo Planetário Móvel Maywaka e do Clube de Astronomia do Amapá - Mirzam, acontece há 2 anos no Amapá. De acordo com o físico do observatório amapaense, Cássio Renato Santos, os encontros acontecem quando a lua está nas fases mais propícias para observação como "minguante" ou "crescente".

"Disponibilizamos telescópios em locais públicos uma vez por mês para observar objetos celestes, como a lua, estrelas, nebulosas e galáxias. Ao mesmo tempo também acontecem rodas de conversas para responder perguntas sobre o céu", disse o físico. Ele acrescenta que quem tiver equipamento de observação também pode levar para o encontro.

Serviço
Observando em Latitude 0°
Dia: 31 de agosto
Hora: 19h30
Local: Museu Sacaca (Avenida Feliciano Coelho, número 1509, bairro Trem)
Entrada franca

Observação da Conjunção Marte, Lua e Saturno em Chapecó/SC



O Espaço Astronomia UDESC Oeste e a Associação Apontador de Estrelas realizarão uma noite de observação do céu, com o telescópio, no dia 31 de agosto, domingo, a partir das 18 horas, no calçadão de Chapecó, ao lado da loja Havan.

Aproveitaremos que a Lua, Marte e Saturno estarão próximos no céu (conjunção) para observá-los "de perto".

Todos são convidados!


South American Workshop on the Foundations of Quantum Theory and Cosmology



Clique na imagem acima para detalhes

Brasileiro: 'analfabeto' científico?

Novo índice mostra que a ciência influencia a forma de ver o mundo e de lidar com situações complexas de apenas 5% dos avaliados, enquanto mais da metade sequer consegue aplicar o que aprendeu na escola em situações cotidianas.



(Ciência Hoje) Como você avalia a sua capacidade de utilizar o conhecimento científico para resolver questões do dia a dia? E para fazer abstrações, criar hipóteses, planejar e inovar? Em um mundo em que a ciência e a tecnologia estão cada vez mais presentes, em que a sociedade é chamada a se posicionar sobre grandes questões como pesquisas com células-tronco e cultivo de transgênicos e no qual inovar é a palavra de ordem das empresas, essas questões são fundamentais. Mas, segundo a primeira edição do Índice de Letramento Científico (ILC), no Brasil é muito baixa a quantidade de pessoas ‘letradas’ em ciências, capazes de empregar os conhecimentos escolares no seu cotidiano e no planejamento do futuro.

Bem diferente das avaliações de ensino existentes no Brasil, a proposta do ILC é medir quanto do conhecimento escolar é de fato aplicado na prática. Para seus criadores, o resultado negativo ajuda a entender alguns gargalos sociopolíticos e econômicos do país, como a baixa capacidade de inovação. O índice, cuja versão completa foi divulgada recentemente, é fruto de uma parceria entre o Instituto Abramundo, o Instituto Paulo Montenegro, responsável pela ação social do Grupo Ibope, e a ONG Ação Educativa.

28/08/2014

Observação da conjunção Lua, Marte e Saturno em Cunha/SP


O AstroClubeCunha vai colocar telescópios na praça, em frente da Igreja da Matriz, na pequena cidade de Cunha, Vale do Paraíba, SP, a partir das 15 horas, para observação pública da Conjunção Lua + Marte + Saturno, no domingo 31/Agosto.

Boletim Observe! - Ano V - Número 9 - Setembro de 2014

 


Boletim Informativo do Núcleo de Estudos e Observação Astronômica "José Brazilício de Souza" (NEOA – JBS)  (clique no banner para acessar)

Alunos de escola municipal vão lançar sonda no ‘espaço’


(Diário Web) Alunos da escola municipal Darcy Ribeiro, localizada no bairro Santo Antônio, zona norte de Rio Preto, estão produzindo uma sonda de grande altitude que, em breve, será lançada rumo ao espaço. A expectativa é que o objeto chegue à estratosfera - segunda camada da atmosfera -, onde está localizada a camada de ozônio e que funciona como uma espécie de filtro natural da Terra. Depois, as imagens e informações captadas pelo equipamento serão apresentadas à comunidade.

Essa é a primeira vez que uma sonda está sendo produzida e será liberada pelos alunos, com idades entre 11 e 13 anos. O objeto foi desenvolvido durante os encontros do clube de astronomia da escola, que foi implantado em abril deste ano. Quinze alunos se reúnem de terça-feira a sexta-feira, das 17H30 às 19h, na sala de informática. “Primeiro, começamos a trabalhar com pesquisas sobre astronomia. Depois disso, no mês passado, começamos a desenvolver o equipamento. Os equipamentos utilizados foram emprestados. Agora, estamos nos últimos ajustes para a liberação”, afirma o professor de geografia Wagner Luiz Macedo Soeiro, coordenador do clube.

O equipamento é composto de uma caixa de isopor, que receber duas câmeras, uma placa de computador, um GPS e um gerador movido à pilha de lítio. A sonda será erguida por um balão de látex, com 1,5 m de largura. Ele será inflado com 3 m³ de gás hélio. “As câmeras vão registrar imagens tanto da Terra quanto do espaço. A placa de computador coletará dados como altitude e latitude. Só falta o gás hélio para mandar o equipamento para o espaço”, explica o professor.

De acordo com Soeiro, o ponto de partida para o lançamento será o campo da escola. A expectativa é que a sonda suba de 32 a 37 quilômetros de distância da terra, em duas horas. “O equipamento não vai interferir o sistema aéreo. Por causa da temperatura e gravidade da estratosfera, o balão explodirá. Depois disso a sonda vai cair a até 100 quilômetros de distância do campo da escola. Vamos usar o sinal do GPS para resgatar o equipamento.”

O professor afirma que a participação dos alunos no clube de astronomia favoreceu o desenvolvimento durante o período de aula. “No clube, os participantes possuem um contato com a extensão do conteúdo de várias matérias. Eles acabam aplicando em sala de aula o conhecimento adquirido nas reuniões. Para incentivar a participação, os alunos receberão pontos, mas ele se comprometeram tanto com a missão que acabaram esquecendo desse detalhe. Tenho certeza que depois desse experimento, o número de alunos vai aumentar.”

A turma de “pequenos pesquisadores” está contando os dias para lançar o experimento. A maioria afirma que sempre gostou de astronomia, mas não pensa em ser astronauta. “O tema é muito legal. Sempre achei interessante, mas não tinha muito contato na sala de aula. Aqui, dá para aprender mais. Pensar que vamos fazer um experimento e estudar depois as imagens captadas de um lugar tão distante é emocionante”, disse Rafael de 11 anos.

Além de aprender astronomia, os alunos destacam que estão sabendo trabalhar de forma coletiva. “Somos de turmas e idades diferentes. Aqui no clube temos o mesmo objetivo: estudar astronomia. Um ajuda o outro e, juntos, vamos construindo o equipamento”, disse Letícia de 11 anos.


O 17º ENAST será realizado na UFAL



O 17º Encontro Nacional de Astronomia será realizado no campus A.C. Simões da Universidade Federal de Alagoas, nos dias 7, 8 e 9 de novembro de 2014.

Olá! As inscrições para participação e apresentação de trabalhos no 17º ENAST já estão abertas. Você poderá se inscrever acessando a guia "inscrições" ou clicando aqui.

http://www.enast.org.br/insc.html

As inscrições vão até o dia 30 de setembro de 2014 e as vagas são limitadas. O valor da taxa de inscrição é de R$ 25,00 (vinte e cinco Reais). Para efetivar a inscrição o participante deverá seguir as instruções na página de inscrições.

III Encontro de Física do Centro-Oeste


(SBF) Durante os dias 27 a 31, realizaremos palestras de diversas áreas da Física, como foco em Física Experimental, Física Teórica, Ensino de Física e Física Ambiental. Ainda teremos Sessões de Painéis, Comunicações Orais (15 min) e Mini-Cursos. Ressalto que o 3º EFCO é um encontro regional que está em plena consolidação, congregando a pesquisa dos 3 estados da região e o Distrito Federal, além de forte participação dos estados da amazônia legal (Acre, Amazonas, Pará, Tocantins e Maranhão). Além de despertar a potencialidade científica, temos o objetivo de fortalecer as pesquisas em diversas áreas da Física e futuramente estabelecer pólos de desenvolvimento na região Centro-Oeste. Neste evento contamos com o apoio da Capes, SBF/PLAF e FAPEMAT Para a sua realização.

Certo de contar com vossa prestimosa atenção e apoio, desde já agradecemos.

Prof. Jorge (HULK) Faria
Prof. Alberto Sebastião de Arruda
Coordenação - EFCO

http://www.fisica.ufmt.br/efco

Um pouco sobre a importação de equipamentos astronômicos



Por que importar?
(Observatório Ophiuchus) O mercado astronômico amador no Brasil teve um crescimento expressivo nos últimos anos, com surgimento inclusive de concorrência entre lojas do setor, algo inimaginável há uma década. Mesmo com este crescimento, muitos produtos ainda continuam sem disponibilidade no Brasil, em parte pela limitação de capital das empresas (lembrando que equipamentos podem ser muito caros, há lojas americanas com, literalmente, milhões de dólares em estoque) quanto pelo mercado interno para sustentá-las.

Considerando isso é bem provável que, após um momento inicial, você sinta falta de um ou outro produto que está disponível apenas no exterior. Em alguns casos é possível improvisar e criar algo semelhante aqui mesmo, mas na maioria não, pois se trata de material exclusivo e que exige alta tecnologia para sua produção (CCDs, filtros, etc). Importar é a solução.

27/08/2014

Conjunção entre Lua, Marte e Saturno em Curitiba/PR

Fenômeno, que acontece no espaço na noite de 31 de agosto, será mostrado no Planetário Digital FTD Digital Arena, no Câmpus Prado Velho da PUCPR

Que os astros estão sempre em movimento, isso todo mundo já sabe. Mas que, por vezes, eles formam um alinhamento no Universo que pode ser observado a olhos desarmados, pouca gente sabe. E é exatamente a conjunção entre Lua, Marte e Saturno que será mostrada nos dias 30/08 e 06/09, no Planetário Digital FTD Digital Arena, localizado no Câmpus Prado Velho da PUCPR.

“Marte e Saturno já podem ser vistos próximos um do outro no céu. Com o movimento da Terra, a Lua, nosso satélite natural, vai se localizar bem ao lado de Saturno e os três astros formarão, na noite de 31 de agosto, um triângulo no céu, em frente à Constelação de Escorpião permitindo, também, a observação da Estela Antares. A estrela vermelha mais brilhante em Escorpião. Na atividade de Planetário Digital vamos mostrar o alinhamento entre Lua, Marte e Saturno, explicando ao visitante como e por que ele acontece, e sua relação com o movimento dos planetas”, explica o Físico e professor de Astronomia do Planetário Digital, professor João Carlos Oliveira.

A conjunção acontece quando, observados da Terra, dois ou mais astros estão muito próximos uns dos outros no céu. Isso quer dizer que, olhando da perspectiva do nosso Planeta, eles se mostram alinhados. “Os astros estão em movimento no Universo e, em algum momento, eles se apresentam quase em linha reta. Como giram em torno do Sol, aproximadamente no mesmo plano, sabemos que este tipo de fenômeno pode acontecer”, explica o professor.

No Planetário Digital FTD Digital Arena a conjunção será mostrada nos sábados 30/08 e 06/09, às 16h, dentro da sessão “O Céu de Curitiba – Além da Atmosfera”.

Em Curitiba, caso o céu esteja limpo, o alinhamento poderá ser vista a olhos desarmados no dia 31 de agosto, das 18h30 às 23h. Após as 23h Saturno e Marte estarão abaixo da linha do horizonte, e não poderão mais ser observados.

Em alguns estados das regiões Norte e Nordeste do Brasil, além do alinhamento ocorrerá a ocultação diurna de Saturno pela Lua. “Quando há uma conjunção perfeita, acontece a ocultação. Isso significa que, em algum momento, um dos astros fica exatamente em frente ao outro durante a observação. E é isso que irá acontecer com o planeta Saturno, ainda durante o dia, para quem olhar das regiões Norte e Nordeste do País”, explica o professor.

Serviço:
Alinhamento Lua, Marte e Saturno.
Data e Horário: 30/08 | 16h | Atividade de Planetário Digital “O Céu de Curitiba – Além da Atmosfera”
Local: FTD Digital Arena (Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho. Câmpus Prado Velho da PUCPR – Portão 1).
Valor: R$ 28,00 (inteira) | R$ 14,00 (meia-entrada) | Condições especiais para pacote família.
Informações: 41 3271 6322 | www.ftddigitalarena.com.br

Palestra "Desvendando o Universo" (MA)



Palestra "Desvendando um Universo"
Dia 30/08 - 10 horas
Parque Botânico da Vale
São Luis - MA

Palestra explicando a origem do universo, conceitos de Astronomia e discutindo o possível futuro do Universo e do Sistema Solar.