25 de mai de 2016

Stephen Hawking narra mistérios da ciência em atração do Nat Geo

Programa desvenda questões complexas para ‘pessoas comuns’



(O Globo - editado) Compreender os mistérios da ciência da mesma forma que físicos renomados como Stephen Hawking é algo que parece impensável para os reles mortais. A nova atração do Nat Geo "Ciência de tudo com Stephen Hawking", que estreou no último sábado, às 22h15m, pretende provar o contrário.

Por meio de experiências e demonstrações baseadas em princípios da biologia evolutiva, astrofísica e mecânica quântica, a série de seis episódios vai muito além das façanhas realizadas em laboratórios de química para elucidar questões mais complexas, como de onde surgiu o universo, quem somos, se é possível viajar no tempo ou quão longe estão as estrelas.

A narração é do próprio Hawking, enfatizando que ninguém precisa ser gênio para encontrar tais respostas. "Essa série é um projeto que contribui para o meu objetivo ao longo da vida de levar a ciência ao público. A ciência é um conjunto de histórias entrelaçadas que ajudam a entender o universo", explica o físico de 74 anos, cuja trajetória foi retratada no longa "A teoria de tudo" (2014), de James Marsh.

Com a intenção de chegar à mente de pessoas comuns foram escolhidos candidatos aleatórios para executar os experimentos, como explica o produtor executivo Ben Bowie. Ele conta que a seleção privilegiou interessados de diferentes países, crenças e idades. Um grupo heterogêneo, mas com algo em comum: a curiosidade em torno dos dogmas que instigam a mente humana.

— Muita gente acha que não vai entender, então nem mesmo tenta. Queremos empoderar pessoas, mostrar que é possível saber como as coisas funcionam. Tanto crianças quanto adultos. E que, mesmo com o fim do programa, as pessoas compreendam os porquês pela vida inteira - torce Bowie, contando que foi necessária muita pesquisa para que encontrassem a melhor maneira de expor suas ideias ao público, num processo que ele define como "intimidador":

— Sabíamos como trabalhar, mas tínhamos medo de não saber como mostrar isso da maneira exata. "Por que estou aqui?", por exemplo, é uma pergunta complexa. O difícil era não desistir enquanto não tínhamos a resposta. Mas o resultado ficou bem satisfatório.

Um dos produtores do documentário biográfico "Hawking", de 2013, Bowie diz que, a princípio, achou "ambiciosa" a possibilidade de chamar o físico para participar do projeto televisivo. Mas, afirma ele, desde o primeiro momento o cientista se mostrou bastante entusiasmado:

— Estamos tentando fazer jus à reputação dele, e tivemos sorte de tê-lo junto conosco.

Homenagem ao professor Sylvio Ferraz Mello e palestra "Chaos nos Sistemas Planetários"



Data: 16/06/2015 - 14:00
Local: Auditório "István Jancsó" da Biblioteca Brasiliana (Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária)

Sylvio Ferraz Mello, professor emérito do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, apresenta a palestra “Chaos nos Sistemas Planetários” no dia 6 de junho (terça-feira), às 14:00. A apresentação será no auditório István Jancsó, da Biblioteca Brasiliana.

O evento é promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa da USP em parceria com o IAG e comemora o anúncio de Sylvio Ferraz Mello como vencedor do Brouwer Award 2015. Este prêmio é concedido pela Divisão de Astronomia Dinâmica da American Astronomical Society a pesquisadores que fizeram contribuições relevantes nesta área.

O prêmio se soma a outras láureas recebidas por Sylvio Ferraz Mello, que incluem a denominação, pela União Astronômica Internacional, de "Ferraz-Mello" ao asteroide 1983 XF (5201), a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico, concedida pelo governo brasileiro e o título de Doutor Honoris Causa, do Observatório de Paris.

Programa
14:00 | Abertura
Prof. Dr. José Eduardo Krieger – Pró-Reitor de Pesquisa da USP
Prof. Dr. Laerte Sodré Júnior – Diretor do IAG-USP
14:15 | Apresentação da Trajetória Científica do Homenageado
Prof. Dr. Clodoaldo Grotta Ragazzo – Diretor do IME-USP
14h30 | Palestra: “Chaos nos Sistemas Planetários”
Prof. Emérito Sylvio Ferraz Mello
----
Sylvio Ferraz Mello receberá Brouwer Award (Agência Fapesp)

Inscrições abertas para evento “Ciência e sociedade: inclusão e empoderamento”



No dia 6 de junho, na Tenda da Ciência, o Museu da Vida vai receber pesquisadores do Brasil, Colômbia e Estados Unidos em evento gratuito e aberto ao público: “Ciência e sociedade: inclusão e empoderamento”. Temas como o impacto de museus de ciência na sociedade e questões de gênero na ciência serão o foco do debate.

O evento conta com 120 vagas e será realizado das 9h30 às 12h e das 14h às 16h30. Para participar, basta realizar inscrição pelo e-mail nepam.mv@gmail.comaté 2 de junho, informando os seguintes dados: nome, instituição, telefone e e-mail para contato, se irá precisar do aparelho de tradução simultânea e em qual turno irá participar (manhã, tarde ou dia inteiro). Haverá certificado de participação, que será enviado para o e-mail cadastrado após o evento.

Confira a programação!


El@s - Gênero versus assédio na astronomia brasileira
Dados públicos da União Astronômica Internacional serão apresentados para falar sobre a distribuição de membros na área de astronomia, no Brasil e no mundo. Em seguida, os dados do Levantamento sobre o Ambiente de Trabalho na Astronomia Brasileira serão trazidos ao debate para discutir a relação de gênero e assédio no universo local.

Denise R. Gonçalves | Observatório do Valongo, da UFRJ

Palestra: "Ensinando Astronomia - Importância e particularidades" - Chapecó/SC


Estão abertas as inscrições para a palestra "Ensinando Astronomia - Importância e particularidades", com o Prof. Dr. Rodolfo Langhi (UNESP/Bauru), no dia 21 de julho (dia anterior ao início do SCA), às 19 horas, no Centro de Eventos de Chapecó.

Inscrições no blog:
http://espacoastronomiaudesc.blogspot.com.br/

Noites de música e astronomia no XXI Festival de Música Instrumental da Bahia


Maiores informações sobre as atrações de Astronomia AQUI

2ª Semana de Popularização da Ciência do Semiárido Brasileiro incluiu visita ao OASI, em Itacuruba (PE)


(ON) Como atividade da 2ª Semana de Popularização da Ciência do Semiárido Brasileiro, o OASI recebeu, na última 5ª. feira, dia 19 de maio, a visita de alunos, professores e gestores de escolas dos municípios pernambucanos de Itacuruba e Floresta e dos Institutos Federais de Floresta e Pesqueira. Durante toda tarde, o público teve a oportunidade de conhecer o telescópio com espelho de 1,0m de diâmetro, o funcionamento do observatório e os trabalhos que estão sendo desenvolvidos. Ao anoitecer, foram dispostos telescópios para observação do céu, principalmente a Lua, Marte e Júpiter.

A Semana de Popularização da Ciência do Semiárido Brasileiro é uma parceria entre o Observatório Nacional, Instituto Nacional do Semiárido (INSA/MCTI), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Espaço Ciência (SECTEC/PE) e Representação Nordeste do MCTI (ReNE), com o objetivo de promover ações de sensibilização para a ciência e o meio ambiente na região semiárida brasileira.

Em sua segunda edição, o evento foi sediado nos municípios pernambucanos de Floresta e Itacuruba, entre os dias 18 e 20 de maio e contou com extensa programação envolvendo, além das instituições promotoras, a participação do IF-Sertão (campus Floresta), das secretarias de educação estadual e locais, das Prefeituras, do Espaço Ciência, de clubes de astronomia e do Corpo de Bombeiros.

Daniela Lazzaro, Teresinha Rodrigues e Marcelo de Cicco (aluno PG-Astronomia) proferiram palestras sobre a instalação do OASI na região semiárida, o trabalho de pesquisa que vem sendo realizado e os resultados obtidos no OASI e, ainda, sobre o monitoramento de meteoros. As palestras foram realizadas na Câmara Municipal de Floresta, na Escola Estadual Maria Menezes Guimarães (Itacuruba) e no IF-Sertão (campus Floresta).

“Astronomia na Praça” - Volta Redonda/RJ



A Fundação Educacional de Volta Redonda - FEVRE, em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – IFRJ – Campus Volta Redonda, traz para o público o projeto de divulgação científica “Astronomia na Praça”.

Com o objetivo de despertar o interesse das pessoas para a ciência da Astronomia, o projeto foi pensado de forma a proporcionar aos visitantes uma aula pública e dinâmica sobre o Universo, utilizando-se de recursos como telescópio eletrônico com filtros para observação diurna e um planetário inflável que é montado no local para a exibição de apresentações repletas de informações fascinantes sobre a Astronomia. Todas as atividades são acompanhadas por professores das duas instituições parceiras, que estarão disponíveis para conversar e tirar dúvidas dos visitantes.

O projeto será realizado na Praça Rotary, térreo da Biblioteca Municipal Raul de Leoni - Memorial Getúlio Vargas, na Vila Santa Cecília, no dia 31 de maio de 2016, terça-feira, de 9h às 21h e a visitação estará aberta ao público em geral, recebendo também turmas das escolas previamente agendadas.

Convidamos a todos para prestigiarem e ficarem fascinados com as maravilhas do universo!

24 de mai de 2016

Astronomia Ao Vivo - Hangout de domingo (22/05/2016)

Observação de Marte no Observatório Municipal "Jean Nicolini" - Campinas/SP



Galera, olha só que programa legal para a noite desta quarta-feira, 25 de maio, véspera do feriado de Corpus Christi: o Observatório Municipal "Jean Nicolini", no distrito de Joaquim Egídio, promoverá observação de Marte.

Também haverá telescópio apontado para Júpiter, praça de alimentação com food trucks, palestra de Astrobiologia com Douglas Galante e as histórias do céu noturno com o astrônomo Julio Lobo.

Os ingressos custam R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia-entrada) O evento integra a programação do Festival Internacional de Divulgação Científica "Pint of Science" (http://pintofscience.com.br/).

Ah! Não esqueçam de levar agasalhos! O observatório fica no Monte Urânia, a 1.050 metros de altitude. E lá em cima, amigos, faz bastante frio!

Observação do Sol na UFES - Vitória /ES


Dia 25 de maio teremos observação do Sol no Restaurante Universitário - UFES, das 11 hs as 13 hs.

Contamos com sua presença! (org. GOA)