31 de ago de 2015

Veja fotos da 'superlua' em São Paulo

Fenômeno acontece quando lua cheia coincide com perigeu do satélite. Internautas enviaram fotos ao VC no G1.


(G1) Internautas enviaram na noite deste sábado fotos da 'superlua' sobre o céu da Capital e da Grande São Paulo. O fenômero acontece quando ocorre uma lua cheia no período entre 24 horas antes ou depois de a lua atingir o perigeu (ponto mais próximo da Terra) de sua órbita. As informações são do astrônomo Cassio Barbosa, do blog Observatório.

A órbita da Lua é elíptica, por isso a distância até nosso satélite natural varia. A menor distância até a Terra (chamada de perigeu) é bem diferente da maior distância (chamada de apogeu): o perigeu da Lua se dá por volta de 362.600 km da Terra e o apogeu, na média, por volta de 405.400 km.

Este ano haverá ainda outras duas superluas: em setembro e em outubro.

"Toda vez que a Lua fica cheia perto do perigeu, ela parece 14% maior e até 30% mais brilhante. A diferença de tamanho não é tão perceptível, pois quando ela está alta no céu, não há nenhuma estrutura para comparação. Já a diferença de brilho é mais fácil de se notar", explica Cassio Barbosa. "Esse evento é um daqueles que não precisam de instrumento para apreciar, basta ir para um local aberto e olhar para a Lua."
----
Mais imagens aqui

UNIVAP reabre seu observatório



O Observatório de Astronomia e Física Espacial da Universidade do Vale do Paraíba (Univap) tem como objetivo principal a divulgação científica, estimulando a curiosidade pelas ciências exatas. Com um espaço amplo para exposições permanentes ou temporárias, o observatório promove atividades de ensino, extensão e pesquisa.

Aberto à toda a comunidade do Vale do Paraíba e demais regiões, o observatório promove eventos gratuitos e regulares de observação do céu.

Agende sua visita através do site: http://www.univap.br/observatorio

30 de ago de 2015

Calendário 2016 do ESO


O Calendário 2016 do ESO chegou! Garanta seus 12 meses de lindas fotos!
http://www.eso.org/public/brazil/announcements/ann15063/

29 de ago de 2015

Brasileiro tira foto de galáxia longe da Terra e é destaque no site da Nasa

Carlos Eduardo conseguiu tirar foto da Grande Nuvem de Magalhães. É uma galáxia que fica a milhões e milhões de quilômetros da Terra.


(Jornal da Globo) Imagine só se a Nasa, a agência espacial americana, escolhesse uma foto feita por você para publicar na internet. Isso aconteceu com um brasileiro apaixonado por fotografia e por estrelas.

Você já ouviu falar na Grande Nuvem de Magalhães? É uma galáxia-satélite da Via Láctea. Uma vizinha, que fica a 160 mil anos-luz de distância. Isso é mais ou menos 10 bilhões de vezes a distância entre a Terra e o Sol.

O nome da galáxia homenageia o navegador português Fernão de Magalhães, que fez a primeira viagem ao redor da Terra, no século 17. Pode não parecer, mas a foto da Grande Nuvem de Magalhães foi feita daqui do Brasil. A imagem, tão impressionante, foi parar em um site da Nasa.

O autor da foto é o Carlos Eduardo. Ele fotografa há cinco anos, e há um ano e meio começou a mirar o céu.

"O acesso hoje em dia é mais fácil, você com uma câmera fotográfica consegue captar objetos e situações, eventos astronômicos com muita precisão e com muita qualidade", afirma Carlos Eduardo Fairbairn, gestor de meio ambiente e fotógrafo amador.

O site da Nasa publica uma imagem do universo por dia junto com a explicação de um astrônomo sobre o assunto. Tem muitas fotos do telescópio Hubble, por exemplo, mas de vez em quando aparecem trabalhos de amadores, como o Carlos Eduardo.

Só que sem a ajuda de um telescópio, não é tão fácil assim fotografar o céu e as estrelas. As condições atmosféricas têm que ser as melhores. poucas nuvens, sem poluição, pouca luz e, mesmo assim, para garantir uma boa imagem, é preciso muito mais do que apontar a câmera lá para cima.

Para fazer a foto que conquistou os editores da Nasa, o Carlos Eduardo foi pra um encontro de astronomia na cidade de Luziânia (GO). A foto não. As fotos. A imagem que você está vendo é resultado de uma técnica que junta dezenas de fotos, com a ajuda de um programa de computador.

"Podem ser 100, duzentas, 300 imagens, quanto mais, melhor", diz Carlos Eduardo Fairbairn.

Se nas grandes cidades é difícil parar para ver as estrelas a fotografia dá uma forcinha para essa aliança com os astros.

"Eu acho que os céus urbanos eles desconectam um pouco a gente desse mundo celestial, né, que existe. e a fotografia, acho que a fotografia permite que se crie um link. Você retorna a ter um link com o céu noturno, com as estrelas", acredita o fotógrafo amador.
----
Matéria com vídeo aqui

SP Pesquisa: Em Busca da Energia Escura - Parte I - VIDEO



28 de ago de 2015

Pesquisadores do ON são contemplados nos editais Jovem Cientista do Nosso Estado e Cientista do Nosso Estado, da FAPERJ



(Observatório Nacional) Três pesquisadores do Observatório Nacional foram contemplados em dois dos editais mais importantes da FAPERJ. Os pesquisadores Katia Pinheiro e Roderik Overzier tiveram seus projetos selecionados no edital Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE) e o pesquisador Roberto Martins foi escolhido no edital Cientista do Nosso Estado (CNE). A relação dos projetos contemplados foi divulgada nesta quinta-feira, dia 20 de agosto.

Também chamados de bolsas de bancada para projetos (BBP), os dois programas financiam pesquisadores de reconhecida liderança em sua área, no caso do CNE, e projetos coordenados por pesquisadores em uma fase intermediária de carreira acadêmica (com até dez anos de doutoramento), no caso do JCNE. As bolsas tem duração de três anos.

Os projetos selecionados foram:
Katia Pinheiro
Rápidas variações temporais do campo geomagnético: desafios para modelagem e medições nos observatórios magnéticos

Roderik Overzier
Explorar 13 bilhões de anos de história cósmica com os grandes projetos extra-galácticas do Brasil

Roberto Martins
Sistema Solar Exterior - Estudo com Ocultações Estelares


Mais informações: http://www.faperj.br/?id=2992.2.0

Metropolitan Shopping Betim apresenta Planetário Sesc pela primeira vez na região


(Segs) Entre 24 de agosto e 27 de setembro, quem passar pelo Metropolitan Shopping Betim poderá fazer uma viagem simulada pelo Espaço, aprender sobre planetas, astros e sistema solar de forma divertida e interativa no Planetário Sesc, que oferecerá várias atividades gratuitas.

O evento educativo é dividido em três espaços - Cúpula, Stellarium e Oficinas Pedagógicas – que proporcionam conhecimento para o público diverso, desde crianças até a adultos.

A Cúpula é um espaço de simulação, no qual se pode ver um entardecer até a aparição das primeiras estrelas. Lá, é possível participar de uma viagem espacial e conhecer os planetas do sistema solar, as estrelas, a lua, o sol, as galáxias, os cometas e outros corpos celestes. No Stellarium, pode-se acompanhar a projeção da Terra em tempo real.

Já nas Oficinas Pedagógicas, são ensinadas montagens com a temática da astronomia, além de um jogo de perguntas e respostas, visando contribuir para a assimilação do conhecimento. Ao todo, o passeio dura cerca de 1h30.

“Essa é a primeira vez que o planetário vem à cidade de Betim. É uma oportunidade da população de mais de 15 municípios conhecerem de forma interativa e surpreendente o Espaço e descobrir muitas curiosidades sobre astronomia”, explica Lorena Ramos, gerente de marketing do centro de compras.

O evento funcionará de segunda a sábado, das 10h às 22h e aos domingos, das 14h às 20h. O Planetário é uma iniciativa do Departamento Nacional do Sesc e já recebeu mais de 287 mil visitantes.

Ação social
Os alunos das escolas e instituições municipais e estaduais de Betim e entorno terão a oportunidade de conhecer o sistema solar numa perspectiva lúdico-científica por meio de excursões gratuitas que podem ser agendadas pelo telefone (31) 3279-1478.

Serviço:
Planetário Sesc
Quando: 24 de agosto a 27 de setembro.
Horário: segunda a sábado, das 10h às 22h e aos domingos, das 14h às 20h.
Onde: Praça de Eventos do Metropolitan Shopping Betim.
Quanto: evento gratuito.

Festival do Brilho de Goiás - Astronomia e Amizade - Reunião de Encerramento


Astronomia na Praça em Brusque/SC



(Facebook) Olá pessoal, estamos convidando, toda a comunidade, a prestigiar nosso evento, "ASTRONOMIA NA PRAÇA" , que iniciará no sábado dia 29, as 20:00 horas, na Praça Sesquicentenário, em frente a prefeitura.

Caso o céu esteja muito nublado, o evento será transferido para o Observatório, em caso de chuvas, será cancelado.

Realização: Clube de Astronomia de Brusque CAB
Observatório Astronômico de Brusque
Apoio. Prefeitura de Brusque - Fundação Cultural

Venha !caminhar com as estrelas" no próximo sábado


(Cidades - Portugal) "Caminhar com as Estrelas" é a proposta do BioRia para o próximo sábado, dia 29 de agosto, à noite no âmbito do Ciência Viva no Verão. A ação orientada pela Associação de Física da Universidade de Aveiro está agendada para as 22h, com início junto ao Esteiro de Salreu. No mesmo dia, logo pela manhã às 9h30, realiza-se ainda uma visita ao Percurso de Salreu em Veículo Elétrico.

Neste Verão, a pé ou de veículo elétrico parta à descoberta da flora e fauna que habitam no Baixo Vouga Lagunar, em Estarreja. O BioRia associa-se uma vez mais ao programa nacional "Ciência Viva no Verão", que decorre em todo o país com milhares de atividades até 15 de setembro.

O município volta a oferecer mais atividades no âmbito da biologia e astronomia. São sugeridas visitas guiadas a pé e de veículo elétrico aos percursos do Rio Jardim e de Salreu e visitas noturnas ao Percurso de Salreu. As inscrições são gratuitas.

Próximas visitas

29 agosto
9h30 Visita ao Percurso de Salreu em Veículo Elétrico
22h Caminhar com as Estrelas

5 setembro
9h30 Visita ao Percurso do Rio Jardim

12 setembro
9h30 Visita ao Percurso de Salreu em Veículo Elétrico

Concentração: Centro de Interpretação Ambiental do BioRia, em Salreu

Participe!
Informações e inscrições www.cienciaviva.pt