8 de out de 2015

Semed investe em tecnologia com aquisição de planetário digital



(Agora MS) A Secretaria Municipal de Educação (SEMED) através da Prefeitura Municipal de Dourados adquiriu um planetário digital, que está previsto para ser entregue até o final do mês de outubro. Com o objetivo de ampliar o espaço de aprendizagem e estimular o conhecimento científico incentivando a excelência na qualidade do ensino dos 26 mil alunos das 45 escolas da rede municipal de ensino, o planetário digital será uma ferramenta fundamental para que os alunos adquiram novos conhecimentos e se interessem pela ciência e tecnologia, afirma Marinisa.

O Planetário permite o aluno viajar pelo espaço sideral, reproduzir eventos climáticos, simular o céu de qualquer lugar da terra, visitar a lua, ver de perto os eclipses e viajar pelo corpo humano, dentro das células, proporcionando aos alunos além de conhecimento, benefícios que extrapolam o campo do entretenimento e transformam o planetário em uma sala de aula extremamente eficiente.

Para orientar os profissionais, a professora bióloga, formadora de Ciências, Leila Tatiana Garcia, fez o I Curso Nacional de Manuseio de Planetários Digitais, idealizado pela agência Hiperlab Equipamentos Científicos, em Arapiraca – AL em agosto de 2014, no maior Planetário Digital fixo do nordeste, tendo como com o objetivo, de instrumentalizar os educadores de Dourados no uso do planetário, ministrado por Raul Meireles, renomado astrofísico espanhol, da equipe internacional de desenvolvimento de software de simulação astronômica “Nightshade”.

Funcionamento – Como ele é móvel (domo inflável) será organizado por pólos/regiões da cidade de forma a levá-lo a determinadas escolas (que possuem pólen) para que os alunos da região possam visitá-lo. A capacidade de alunos é de 40 alunos por vez.

Além de filmes, poderá ser projetado o céu em tempo real, onde se pode ver os movimentos dos planetas, as fases da lua, estações do ano, as constelações, os eclipses e assim por diante. Esse software pode ser instalado nos computadores pessoais dos professores para que eles projetem essas imagens no data-show em sala de aula, ou seja, o Planetário servirá para despertar o interesse de todos e depois o conteúdo poderá ser trabalhado em sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente