14 de dez de 2015

MAST inaugura exposição Visões da Luz

Através de painéis, instrumentos científicos, maquetes, objetos, registros fotográficos e aparatos interativos, a mostra trabalha várias temáticas relacionadas à luz.




O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) inaugura, no dia 16 de dezembro, às 16h, a exposição “Visões da Luz” que através de painéis com textos, fotografias e esquemas, instrumentos científicos do acervo do Museu, maquetes, objetos, registros fotográficos de determinados momentos históricos da Astronomia e alguns aparatos interativos, trabalha várias temáticas relacionadas à luz.

A mostra, que está montada em algumas salas e no hall do térreo do Museu, aborda temas como a “A Luz que chega do Universo”, “Observando o céu e a captação da luz”, “A Luz, a Cor e a Arte”, “Ondas e Partículas”, “O registro das imagens”, e ainda a história da expedição do Observatório Nacional a Sobral, no Ceará, em 1919, com o intuito de comprovar a Teoria da Relatividade de Albert Einstein.

Alguns instrumentos científicos pertencentes ao acervo do MAST fazem parte da exposição como a Luneta do Fotoeliográfo, o Altazimute Acotovelado, a Câmera de Markovitz, a Luneta Fotográfica Equatorial, o Comparador de Chapas, além de chapas fotográficas dos registros do Observatório Nacional (ON). “Buscamos privilegiar parte do acervo do MAST para explorar o tema da luz que está relacionado em grande medida com o que foi desenvolvido no ON: a observação do céu, ou seja, a captação da luz do universo, da luz que vem dos astros”, diz Maria Esther Alvarez Valente, pesquisadora do MAST e coordenadora da exposição.

Ao caminhar pelos módulos da exposição, o visitante tem a oportunidade de perceber também detalhes da arquitetura do prédio sede do Museu, que é tombado Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). “À medida que a pessoa caminha, ela tem essa possibilidade de ver a exposição de uma forma limpa, clara, mas também ver os detalhes arquitetônicos desse andar. Como a exposição é sobre a luz, fizemos algumas experimentações com relação à iluminação. Há trechos mais iluminados, menos iluminados, trechos que recebem um pouco de luz natural”, analisa Antonio Carlos de Souza Martins, também coordenador da mostra e chefe do Serviço de Produção Técnica da Coordenação de Museologia do MAST.

A nova mostra do MAST fecha um conjunto temático com outras mais antigas, como a
Exposição “As Estações do Ano, a Terra em Movimento” e o “Espaço Acelerador de Partículas”. “Procuramos montar a exposição Visões da Luz considerando esses espaços já ocupados no andar térreo do Museu, integrando esses espaços à exposição”, afirma Esther.

A exposição Visões da Luz, que faz parte das comemorações dos 30 anos do MAST, foi inspirada no movimento do Ano Internacional da Luz da UNESCO, em 2015.

No mesmo dia, serão lançados dois volumes da “Coleção MAST: 30 anos de Pesquisa”, os e-books “Museologia e Patrimônio” e “Educação e Divulgação da Ciência”. Será também o lançamento, na cidade do Rio de Janeiro, do livro “Da serra da Mantiqueira às montanhas do Havaí: a história do Laboratório Nacional de Astrofísica”, fruto da parceria e efetiva colaboração entre duas unidades de pesquisa do MCTI, o MAST e o Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA).

Resultado do trabalho de pesquisa de uma equipe de historiadores das ciências do MAST, a obra conta a história das origens e trajetória do LNA, primeira instituição científica criada no Brasil
sob o modelo de laboratório nacional, em 1985. História que se confunde
com a história da astronomia brasileira nos últimos cinquenta anos, e mais especificamente com a implantação e a consolidação da astrofísica no país.

SERVIÇO

Inauguração da exposição “Visões da Luz”
16 de dezembro

Entrada gratuita.

Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)
Rua General Bruce, 586, Bairro Imperial de São Cristóvão – Rio de Janeiro – RJ
(21) 3514-5200
www.mast.br
https://www.facebook.com/museuastronomia

Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábado, das 14h às 20h; domingos e feriados, das 14h às 18h.

Entrada permitida até 30 minutos antes do encerramento das atividades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente