11 de dez de 2015

Não viu o cometa Catalina em novembro? Veja agora

Um cometa, chuvas de estrelas e uma Lua cheia no Natal. Só faltam as noites sem nuvens para uma quadra natalícia em beleza. A ver estrelas, claro.


(Observador - Portugal) Neste Natal não haverá uma estrela guia no céu noturno, mas uma chuva delas. Ou duas. Ou três. Se mesmo assim não lhe chegar, pode sempre aproveitar a passagem do cometa Catalina. Ou, em alternativa, uma Lua cheia no dia 25. Tudo bons motivos para passar o mês de dezembro a olhar para o céu, mas não se esqueça dos agasalhos porque o inverno está à porta – oficialmente dia 22 de dezembro, às 4h48 (hora de Lisboa).

Catalina, o cometa C/2013 US10, ainda está muito brilhante e é praticamente visível a olho nu, embora seja mais fácil com binóculos, refere o Observatório Astronómico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. “O cometa aparecerá no horizonte, a sudeste, pelas 5 horas na constelação da Virgem, deslocando-se no final do mês para a constelação do Boieiro, onde será visível cada vez mais cedo, a partir das 2 horas.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente