11 de nov de 2016

Super Lua do dia 14 de novembro é a maior em 30 anos


(Target) Na próxima 2ª feira (14) o mundo vai testemunhar o fenômeno da Super Lua (ou Super Moon). O nome foi dado pelo astrólogo Richard Nolle há 30 anos e define como Lua Nova ou Lua Cheia com a Lua em sua máxima aproximação da Terra (Perigeu) ou até 90% próxima desse ponto. Mas, é a Super Lua que ocorre na Lua Cheia que é mais interessante, uma vez que podemos vê-la e mais brilhante do que de costume.

“Na Lua Cheia vemos o Sol e a Lua em direções opostas. A Lua nasce quando o Sol se põe e fica a noite toda no céu. Na próxima segunda-feira às 9h 21min (Hora de Brasília) a Lua estará no Perigeu a 356509km de distância da Terra. O instante da Lua Cheia será às 11h52min (Hora de Brasília). Em 30 anos desde o ano 2000 o valor médio para a distância Terra-Lua na ocasião do Perigeu é 362568km”, revela Josina Nascimento, responsável pelos cálculos e edição do Anuário do Observatório Nacional.

Pela definição de Nolle e pelos cálculos astronômicos conclui-se que em todos os anos ocorrem cerca de seis vezes o fenômeno chamado de Super Moon. O que torna o fenômeno especial agora na segunda-feira é que vai ocorrer com a maior aproximação desde 2000. Ou seja: até 2003, o ano de 2016 terá a Lua mais brilhante e mais próxima da Terra. Tendo em vista o valor médio da distância Terra-Lua na ocasião do Perigeu, essa distância será 0,9% menor.

No próximo mês, em 12 de dezembro teremos novamente o fenômeno: o instante da Lua Cheia será no dia 13 às 22h06min (hora de Brasília) e o Perigeu será no dia 12 às 21h28min (hora de Brasília), com a Lua a 358461km da Terra.

Na segunda-feira, dia 14 de novembro, no Rio de Janeiro, a Lua vai nascer às 19h26min e vai se pôr às 6h05min de terça-feira, dia 15. Para Josina Nascimento, que também é pesquisadora do Observatório Nacional, “se o tempo estiver bom, qualquer momento entre o nascer e o por da Lua será favorável para observar nosso satélite natural tão encantador”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente