7 de mar de 2017

Estudantes brasileiros serão selecionados para competições internacionais de astronomia

Em 2016, Brasil conquistou medalha de bronze inédita na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica, na Índia. Na competição latino-americana, País ficou na liderança do quadro geral de medalhas. As inscrições para a edição 2017 da OBA continuam abertas até 19 de março

(MCTIC/JC) De 5 a 8 de março, 91 estudantes do ensino médio que se destacaram na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) 2016 participam das seletivas que vão escolher as delegações brasileiras nas competições de astronomia no exterior. As provas teóricas e as atividades práticas serão realizadas em Barra do Piraí, interior do Rio de Janeiro. Serão selecionados 20 estudantes. Cinco vão para a equipe do Brasil na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA, na sigla em inglês), na Tailândia, e outros cinco participam no Chile da Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA). Os demais farão parte dos times reservas. O processo de seleção começou ainda no ano passado com os 3 mil jovens mais bem colocados na OBA, que fizeram uma prova online.

As delegações escolhidas vão passar também por um programa de preparação com astrônomos e especialistas. Serão feitos treinamentos no Observatório Abrahão de Moraes, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP), em Vinhedo (SP), e no Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), em Itajubá (MG). Os encontros serão divididos em grupos de estudos, oficinas de atividades e observação do céu noturno.

Resultados
Na IOAA 2016, sediada na Índia, o Brasil obteve três medalhas de bronze, sendo uma inédita na competição em equipe, além de três menções honrosas. Na Olimpíada Latino-Americana do ano passado, na Argentina, os alunos brasileiros conquistaram o primeiro lugar no quadro geral de medalhas, com duas de ouro, duas de prata e uma de bronze.

OBA 2017
As inscrições para a edição 2017 da OBA continuam abertas até 19 de março. Podem participar alunos de escolas públicas e particulares desde o primeiro ano do ensino fundamental até a última série do ensino médio. A competição é coordenada por uma comissão formada por membros da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e da Agência Espacial Brasileira (AEB). Realizada em fase única, a prova acontece no dia 19 de maio.

As escolas interessadas devem fazer o cadastro no site www.oba.org.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente