14 de mar de 2017

Palestra: "Aglomerados Globulares: "Enxames de Abelhas" no Universo" - Porto Alegre/RS



Palestra pública de difusão científica e cultural em Porto Alegre.

XII Ciclo de Palestras do Instituto de Física/UFRGS

No Auditório do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE

Rua Uruguai, 155 – 14º andar – Centro Histórico – Porto Alegre

16 de março de 2017 (quinta-feira) – 19h30min.

Como ingresso, solicitamos a doação de 1 kg de alimento não perecível, material escolar, brinquedos ou roupas que serão distribuídos às instituições carentes do entorno do Campus do Vale da UFRGS.

AGLOMERADOS GLOBULARES: "ENXAMES DE ABELHAS" NO UNIVERSO

Palestrante: Alan Alves Brito

A nossa Galáxia, a Via Láctea, é composta por bilhões de estrelas. Entre elas, o nosso Sol, que vive isolado. No entanto, como as abelhas, as estrelas gostam de viver em sociedade. Os aglomerados globulares, um dos tipos principais de "sociedade estelar" no Universo, são compostos por centenas de milhares de estrelas, agrupadas em forma esférica; são, portanto, como um "enxame de abelhas" girando em torno de uma colmeia (centro). Como não se pode, ainda, tirar a "selfie" da nossa própria Galáxia, os aglomerados estelares são traçadores da estrutura e formação da Galáxia. Nesta palestra de difusão cultural serão abordados os dois principais tipos de aglomerados galácticos no Universo dando ênfase ao conjunto de aglomerados globulares. Como estas "colmeias" são formadas e onde estão localizadas? Qual é a idade e composição química dos diferentes "enxames de abelhas"? Como se caracterizam suas diferentes "sociedades" ou "populações estelares"? Por que os aglomerados globulares são importantes para revelar os mistérios do Universo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente