23 de mai de 2017

Primeiro movimento arqueoastronômico de reconhecimento aos monumento megaliticos brasileiros


10 de junho de 2017 - Das 15:00 às 19:00 horas- Rua Laurindo José de Souza, 188, Fortaleza da Barra da Lagoa, Florianópolis, SC

(IMMA) De Norte a Sul do Brasil encontram-se Monumentos Megalíticos que não são reconhecidos pela arqueologia brasileira – Vamos reverter esse quadro.

A 30 anos o Pesquisador do IMMA, Adnir Antonio Ramos, vem pesquisando essas estruturas em rocha, e juntamente com muitos outros pesquisadores vem mostrando os alinhamentos arqueoastronômicos nesses sítios arqueológicos e comprovando que são verdadeiros calendários celestes usados em tempos remotos e que precisam ser reconhecidos para serem protegidos por lei, pois muitos deles estão ameaçados de extinção. Desde 1918, quando o Geólogo Vieira da Rosa descreveu muitos deles em Santa Catarina, muito já se perdeu. Na ocasião estaremos iniciaremos a coleta de assinaturas em defesa desse Patrimônio Arqueológico da Humanidade.

Programação: 15 h palestra na sede do IMMA, 16 h caminhada de reconhecimento no Morro da Galheta, 17 h entrevistas, 17:30 Por do Sol e observação das estrela e planetas ao som de instrumentos musicais, 19 h encerramento. O evento requer inscrição. Limite de vagas 25 pessoas.

Este evento é organizado pelo IMMA e compõe a programação da Semana de Conscientização Ambiental de Florianópolis organizado pela FLORAM/PMF e conta com apoio de diferentes colaboradores, entre eles o Programa Roteiros do Ambiente: Caminhos e Trilha da Ilha de Santa Catarina, Instituto Çarakura e Instituto de Estudos Ambientais Trilheiros de Atitude – IEATA.

https://secure.avaaz.org/po/petition/Todas_as_pessoas_interessadas_em_proteger_o_Patrimonio_Historicos_do_Brasil_Reconhecimento_dos_Monumentos_Megaliticos_Br/?cClCcmb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente