29 de jun de 2017

UFJF inaugura um dos maiores complexos de divulgação científica do país


(UFJF) A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) inaugura, no dia 3 de julho, um dos complexos de divulgação científica mais completos do país, com os equipamentos e a tecnologia capazes de deixar o universo ao alcance do seu olhar. Com três mil metros quadrados distribuídos em quatro andares, o Centro oferecerá diversas atividades para os visitantes — entre elas, o observatório astronômico dotado de um telescópio fixo de 20 polegadas, além de dez telescópios móveis, incluindo um específico para observação do Sol. E o céu não é o limite: através dos demais aparelhos, também será possível observar estrelas, lunações, crateras lunares e planetas do nosso sistema solar, por exemplo.

“Tenho certeza que as pessoas irão se surpreender com o grande número de atividades que dispomos. Apesar de, nos últimos dez anos, termos recebido a visita de mais de 130 mil pessoas, nosso novo prédio terá muito mais opções e oportunidades de recebimento dos visitantes de toda a sociedade, consolidando o Centro de Ciências e a UFJF como um dos maiores polos de Educação Científica do país”, ressalta o diretor do Centro de Ciências, Eloi Teixeira. “A abertura do novo prédio irá gerar um enorme impacto, sejam estudantes e professores ou a comunidade em geral. Nossa proposta é levar o conhecimento científico para todos, de forma lúdica e interativa.”

Um dos maiores complexos de divulgação científica
O novo espaço do Centro é composto por três auditórios, quatro laboratórios de ciências, dois salões de exposições, sala de informática, oficina, a exposição da Tabela Periódica Interativa, Espaço Interativo do Museu de Malacologia e o Museu de Arqueologia e Etnologia Americana. Nos salões, estarão disponíveis, já a partir da inauguração, as exposições “Energia Nuclear” e “Aprenda Brincando”, sendo esta última composta por 22 experimentos de física que permitem a participação direta do visitante na investigação dos conceitos envolvidos.

Ciência para todos
Seguindo sua tradição de popularização da ciência, o Centro se estende para além da Universidade e será disponibilizado para visitações de todos os interessados em observar de perto o universo e conhecer diversos aspectos do conhecimento científico de forma interativa. A entrada será gratuita e, as visitas, guiadas e agendadas com antecedência.

“Este novo Centro é uma continuidade avançada do anterior; será um recomeço aprimorado dos nossos trabalhos”, aponta o professor de Astronomia e colaborador do Centro de Ciências, Cláudio Teixeira, se referindo às primeiras instalações do projeto, fundado em 2006 e, até então, localizado em prédio anexo ao Colégio de Aplicação João XXIII. O diretor do Centro, Eloi Teixeira César, considera: “Agora, no campus da UFJF, além de ampliar as atividades, vamos ter uma maior visibilidade para a própria população: vamos triplicar de tamanho em um espaço ainda mais privilegiado.”

Para o professor Cláudio Teixeira, “a sociedade precisa cada vez mais do conhecimento científico, para permitir o desenvolvimento do país.” O diretor, Eloi Teixeira César, se declara “encantado” com a divulgação científica. “Considero divulgar a ciência fundamental. Primeiro, porque é a principal forma de levar o conhecimento científico para a sociedade, em especial as crianças e os jovens, mostrando-lhes a importância da ciência e despertando-lhes o interesse para que possam seguir suas vidas em áreas relacionadas. Segundo, porque é a maneira de prestar contas à população, que é quem no final das contas financia as pesquisas desenvolvidas nas Universidades e Institutos de Pesquisa Públicos, e tem o direito de conhecer o que está sendo produzido.” Ele ainda arremata: através do Centro, as portas para o conhecimento estarão sempre abertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente