27 de mar de 2018

Observatório Didático de Astronomia atendeu mais de 300 pessoas na reabertura do prédio

Evento contou com uma Lua artificial 3D no céu!



Na noite do último sábado, 24 de março, Bauru e região se surpreendeu com um céu inteiramente estrelado e sem nuvens – um presente astronômico para quem esteve no Observatório Didático de Astronomia para conhecer o seu prédio reformado, após 2 anos sem uso.

Várias famílias e crianças tiveram a oportunidade de visualizar as crateras e montanhas da Lua por meio dos 6 telescópios à disposição. Todos sempre ficam impressionados de colocar seus olhos na lente dos telescópios para observar ao vivo os astros.

Enquanto as pessoas aguardavam a sua vez para observar pelo telescópio, uma TV grande mostrava a superfície da Lua em detalhes através de uma câmera adaptada ao telescópio. Além da Lua, alguns de nossos instrumentos também foram apontados para nebulosas e aglomerados estelares.

Duas palestras diferentes de 20 minutos foram oferecidas repetidamente aos visitantes, os quais puderam interagir e fazer perguntas para tirar suas dúvidas sobre o Universo. Uma aluna de doutorado do Programa de Pós Graduação em Educação para a Ciência (Fabiana Andrade de Oliveira) e uma graduanda do curso de Física (Bianca Gellacic) ministraram as palestras no auditório do IPMet.

Um dos temas foi sobre o equinócio, assunto bem apropriado para o mês de março, já que acabamos de entrar no outono. A outra palestra abordou a questão da poluição luminosa e como os cidadãos podem mostrar sua responsabilidade com o meio ambiente e com um dos patrimônios da humanidade, o céu noturno. Este tema também foi apropriado porque justamente no dia 24 de março, das 20:30 às 21:30, ocorreu a Hora do Planeta, um movimento ambientalista a favor da preservação do planeta.

Após cada palestra, brindes foram sorteados para o auditório, seguido de uma atividade de observação da constelação do Cão Maior, usando mapas celestes apropriados, onde cada pessoa teve a chance de medir o grau de poluição luminosa do céu noturno daquela região do Observatório. Esta atividade observacional foi baseada no site oficial: www.globeatnight.org

No prédio do Observatório aconteceram outras atividades, como exposições de instrumentos astronômicos e explicações sobre as constelações usando o software Stellarium.

As muitas crianças que estiveram presentes aprenderam se divertindo com massinha e bolas de isopor ao construírem seus próprios planetas baseados num breve vídeo projetado na sala sobre o Pequeno Príncipe.




Em quase todo o atendimento público gratuito, o Observatório imprime um boletim informativo sobre os principais temas do mês. Neste número, o boletim apresenta artigos sobre o Equinócio, Hora do Planeta, Poluição Luminosa e Mulheres na Astronomia (8 de março foi o Dia Internacional da Mulher). O boletim encontra-se disponível no site do Observatório, na aba “materiais didáticos”.

Uma novidade incrível foi uma Lua artificial em 3D no céu! Tratava-se de um vídeo da NASA em que mostra a Lua girando, cuja sensação tridimensional foi proporcionada pela projeção deste vídeo na cúpula do radar meteorológico do IPMet. A Lua artificial era vista de longe, antes mesmo de o visitante chegar de carro no local.

Outra novidade é que o Observatório voltou a atender as escolas, após 2 anos de espera para a reforma do prédio. Os agendamentos podem ser realizados através dos seguintes contatos:
obsbauru@gmail.com
Facebook: @obsbauru
(14) 9 9124 9044 (whatsapp)
Cerca de 70% das 315 pessoas que assinaram o livro de visitas esteve no Observatório pela primeira vez e se sentiram muito satisfeitas por terem usufruído uma bela noite de aprendizagem e lazer! Recebemos muitos elogios e agradecimentos!

Até o próximo mês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente