24 de set de 2015

Eclipse total da Lua acontecerá no próximo dia 27 junto com Superlua

(Target) Neste dia 27, o céu terá espetáculo duplo: acontecerá, a partir das 23h11, o eclipse total da Lua e também será noite de Superlua, dois eventos que costumam encantar a todos. A América Latina inteira verá o fenômeno, além da parte oeste da África e da Europa e da parte leste da América do Norte. Diferente do eclipse total do Sol, o eclipse total da Lua tem uma grande faixa de visibilidade e não exige cuidados para ser visto.

A totalidade do eclipse vai ocorrer de domingo para segunda-feira, de 23h11 do dia 27 até 0h24 do dia 28 de setembro, horário de Brasília. Mas, já a partir das 22h07 a Lua estará mergulhada na penumbra e depois ficará na penumbra até 1h27 do dia 28. Durante a fase total a Lua tomará uma cor avermelhada, muito interessante de se ver.

Josina Nascimento, pesquisadora do Observatório Nacional, explica o que é o eclipse total da Lua: “Sol, Terra e Lua estão alinhados, nessa ordem, e com isso definem-se dois cones de sombra: umbra e penumbra. O eclipse total da Lua ocorre quando a Lua penetra completamente na umbra”. O próximo eclipse total da Lua visível no Brasil ocorrerá de 20 para 21 de janeiro de 2019.

Curiosidade
Há algo ainda mais especial neste eclipse: a Lua Cheia estará em máxima proximidade da Terra (perigeu), o que caracteriza a Superlua. Apesar dessa denominação não ter origem nos estudos de astronomia, a Superlua é quando a Lua Nova ou a Lua Cheia ocorrem em até 90% de proximidade do perigeu. Desta vez, a Lua Cheia vai ocorrer às 23h50min e o perigeu vai ocorrer às 22h45min, quando a Lua estará a 356.877 km da Terra. Entre 2000 e 2029 esse é um dos 20 maiores perigeus. Em 14 de novembro do ano que vem, teremos o maior perigeu desse período com uma distância de 356.509km da Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente