19 de out de 2015

Brasileira vice-presidente de Painel da ONU participa de evento no Rio

No dia 23 de outubro, às 14h, Thelma Krug, vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU, participa de debate no Museu de Astronomia sobre a Soberania Nacional. A entrada é gratuita.


No próximo dia 23, às 14h, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) realiza o evento: Fronteiras, Territórios, Territorialidade e Gestão. O destaque é a participação da pesquisadora brasileira Thelma Krug, eleita no início de outubro para o cargo de vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (IPCC/ONU). O MAST fica na Rua General Bruce, 586, em São Cristovão. A entrada é gratuita.

O desenvolvimento de tecnologias espaciais de monitoramento tornou-se um risco à soberania nacional dos povos. "Há hoje satélites com poder de aproximação muito grande, capazes de "enxergar" o que uma pessoa está fazendo dentro de casa", explica Ana Lúcia Villas-Bôas, pesquisadora do MAST responsável pela organização do encontro. O objetivo é discutir as medidas a serem adotadas pelas nações para lidar com questões relacionas a esse cenário. Atualmente, apenas 16 países detêm conhecimento profundo em programas espaciais, como Estados Unidos, Rússia e China. O Brasil não está entre eles. "Possuímos pesquisas avançadas na área, mas ainda é preciso um esforço maior de capacitação tecnológica", diz Ana Lúcia.

Thelma Krug falará sobre a monitoração espacial de fatores ambientais, assunto que envolve não só questões climáticas, mas também ações criminosas, como o desmatamento ilegal e o contrabando de madeira nas fronteiras. Ex-secretária nacional de Mudança Climática do Ministério do Meio Ambiente, Thelma foi uma das responsáveis pela implementação do sistema de monitoramento por satélite da Amazônia: o Prodes, que aponta a taxa oficial de desmatamento. Desde 2002, atua no IPCC em áreas como a força-tarefa sobre inventários nacionais de gases de efeito estufa. O objetivo do Painel da ONU é analisar dados científicos e socioeconômicos ligados ao agravamento das condições climáticas e, com isso, guiar políticos a tomar decisões sobre o tema. No Inpe, onde trabalha desde 1983, Thelma atualmente é chefe da Assessoria de Cooperação Internacional.

O evento no Museu de Astronomia conta ainda com a participação de Márcio Rocha, Cientista Político da Universidade Federal Fluminense (UFF), e Jorge Calvário, Cientista Político da Escola Superior de Guerra (ESG).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente