20 de fev de 2016

Faça um tour virtual por Marte com estas ferramentas do YouTube e NASA


(Tecnoblog) Para a maioria de nós, nascidos antes dos anos 90, o contato mais próximo que tínhamos com o estudo de objetos de nosso Sistema Solar residia em grandes e pesadas enciclopédias, desenhos em 2D feitos à mão e coloridas de maneira questionável, além de qualquer coisa que nossos professores de ciência diziam ser verdade.

Salvo raríssimas exceções, como crianças mais abastadas, ou pequenos gênios que aos 7 anos sabiam ler russo e inglês, era assim que se aprendia sobre o sistema solar.

Só que, há alguns anos, softwares como o Google Maps passaram a permitir que exploremos nosso satélite natural e até mesmo Marte. Com imagens em 3D e pontos de informação clicáveis, o usuário pode passear pelos objetos cilíndricos, para desespero dos ensandecidos terraplanistas, e aprender sobre cada uma dessas áreas.

É possível, por exemplo, verificar onde cada uma das missões Apollo aterrizou (ou seria alunou?), as datas de lançamento e retorno, muitas imagens reais de cada um desses pontos, além dos nomes dos integrantes destas investidas espaciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente