25 de mai de 2016

2ª Semana de Popularização da Ciência do Semiárido Brasileiro incluiu visita ao OASI, em Itacuruba (PE)


(ON) Como atividade da 2ª Semana de Popularização da Ciência do Semiárido Brasileiro, o OASI recebeu, na última 5ª. feira, dia 19 de maio, a visita de alunos, professores e gestores de escolas dos municípios pernambucanos de Itacuruba e Floresta e dos Institutos Federais de Floresta e Pesqueira. Durante toda tarde, o público teve a oportunidade de conhecer o telescópio com espelho de 1,0m de diâmetro, o funcionamento do observatório e os trabalhos que estão sendo desenvolvidos. Ao anoitecer, foram dispostos telescópios para observação do céu, principalmente a Lua, Marte e Júpiter.

A Semana de Popularização da Ciência do Semiárido Brasileiro é uma parceria entre o Observatório Nacional, Instituto Nacional do Semiárido (INSA/MCTI), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Espaço Ciência (SECTEC/PE) e Representação Nordeste do MCTI (ReNE), com o objetivo de promover ações de sensibilização para a ciência e o meio ambiente na região semiárida brasileira.

Em sua segunda edição, o evento foi sediado nos municípios pernambucanos de Floresta e Itacuruba, entre os dias 18 e 20 de maio e contou com extensa programação envolvendo, além das instituições promotoras, a participação do IF-Sertão (campus Floresta), das secretarias de educação estadual e locais, das Prefeituras, do Espaço Ciência, de clubes de astronomia e do Corpo de Bombeiros.

Daniela Lazzaro, Teresinha Rodrigues e Marcelo de Cicco (aluno PG-Astronomia) proferiram palestras sobre a instalação do OASI na região semiárida, o trabalho de pesquisa que vem sendo realizado e os resultados obtidos no OASI e, ainda, sobre o monitoramento de meteoros. As palestras foram realizadas na Câmara Municipal de Floresta, na Escola Estadual Maria Menezes Guimarães (Itacuruba) e no IF-Sertão (campus Floresta).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente