11 de ago de 2016

Céu será palco de fenômenos raros em Campinas


(Correio Popular) O céu vai ser palco de três fenômenos astronômicos raros, e que podem ser observados a olho nu, na noite desta quinta-feira (11). Logo após o pôr do sol, uma conjunção entre os planetas Vênus, Mercúrio, Júpiter, Marte e Saturno se formará no céu e dará a impressão de que os astros estão em fila, alinhados. O astrônomo Júlio Lobo, do Observatório Municipal Jean Nicolini, explica que essa formação poderá ser observada até as 19 horas. "De forma separada, os fenômenos não são raros, o difícil é acontecer tantos assim em uma única noite", explica.

O Observatório não abrirá ao público porque todos os eventos celestes da noite podem ser observados a olho nu. “Não precisa de telescópio, basta escolher um ponto da cidade que tenha vista para o Norte, com pouca iluminação e que ofereça segurança”, completa.
Logo após a dança dos planetas, Marte, Antares, Saturno e a Lua estarão posicionados no céu em um formato que lembra uma cruz. “Essa formação pode ser vista até as 23 horas”, completa o astrônomo.

Mas o fenômeno mais aguardado é a chuva de meteoros das Perseidas, uma das chuvas de meteoros mais conhecidas e observada há mais de 2 mil anos. Mais visível no Hemisfério Norte, onde poderão ser vistos ao menos 150 meteoros, os campineiros terão uma pequena amostra da grandiosidade do evento. “Aqui é mais difícil de ver essa chuva, mas entre as 3h e o amanhecer poderemos observar a queda de pelo menos 15 meteoros”, explica Lobo.

Quem não quiser arriscar sair de casa poderá acompanhar a chuva em tempo real no site da Exoss Citizen Science, um grupo de observadores de meteoros, no endereço http://live.exoss.org.

Câmeras localizadas no Observatório Municipal de Campinas registraram, na madrugada do dia 7, esse belo meteoro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente