23 de jun de 2017

Planetário do Parque Ibirapuera estreia nova programação


(São Paulo São) “O espaço, a fronteira final... Estas são as viagens da nave estelar Enterprise, em sua missão de cinco anos para explorar novos mundos, pesquisar novas vidas, novas civilizações, audaciosamente indo, onde nenhum homem jamais esteve”. A frase de abertura do filme Jornada nas Estrelas determina bem o quanto o homem é fascinado pela possibilidade de desbravar o universo.

Se você também é fascinado pelo assunto, não pode perder a nova programação do Planetário Prof. Aristóteles Orsini, no Parque Ibirapuera, com lançamento previsto para a próxima sexta (23), às 19h30. Além da nova sessão, o Planetário convidou dois astrônomos brasileiros, pesquisadores do Trinity College, da Irlanda, que falarão sobre as mais recentes pesquisas no mundo da astronomia.

A professora de astrofísica Aline Vidotto inicia a noite, às 19h30, com a palestra A dança invisível: a busca por planetas fora do sistema solar, na qual fala de sua pesquisa sobre a interação dos exoplanetas (que orbitam uma estrela de outro sistema solar) com os ventos estelares de suas estrelas-mães. Os modelos desenvolvidos pela pesquisadora em suas simulações 3D são muito realistas, dando colorido especial à apresentação.

José Henrique Groh é o segundo palestrante, às 20h, e fala sobre a trajetória das estrelas – do nascimento até se tornarem supernovas. Membro eleito da Comissão de Estrelas Massivas da União Astronômica Internacional (IAU) e pesquisador da vida das estrelas, ele compartilha com o público os principais avanços na pesquisa científica dessa área, com a palestra Velozes e Furiosas: de Estrelas a Supernovas.

Às 20h30, tem início a sessão Planetas do Universo, já em terceira edição. O conteúdo aborda as mais importantes descobertas na busca por planetas fora do Sistema Solar. O objetivo é sensibilizar o público sobre o quanto a Terra é única, apesar de sua ínfima proporção em relação ao universo. Por mais que a ciência avance e descubra novos horizontes, distantes ou não tão distantes, a Terra talvez seja o nosso único habitat possível.

Após as palestras e a exibição da sessão, os pesquisadores convidados ficarão à disposição do público para um bate-papo, quando tirarão as dúvidas sobre esses temas e a profissão de astrônomo. Para participar, não há necessidade de inscrição prévia. O interessado deve chegar com uma hora de antecedência para retirar seu convite.

Serviço
Planetário Prof. Aristóteles Orsini.
Dia: 23 de junho (sexta-feira).
Horário: das 19h30 às 22h.
Local: Parque Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Portão 10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente